Impostos, Reforma e Carga Tributária para adultos

Se você quer informações para o debate sobre Impostos, Reforma e Carga Tributária sem ser a partir de uma abordagem simplista e demagoga, mas de forma adulta e madura, não tem melhor opção do que ouvindo essa edição do programa Faixa Livre, que conta com a presença de vários componentes do Instituto de Justiça Fiscal, integrantes da Receita Federal e do seu sindicato dos Auditores Fiscais (DS/RJ). Todos debatendo o tema a partir da perspectiva de como tornarmos o nosso sistema tributário mais progressivo, ou seja, que cobre mais dos mais ricos e menos dos mais pobres. Participam Dão Real, Vera Baloeiro e Marcelo Lettieri.

Música e cultura do Saara Ocidental

Por Allan Patrick

Localização do Saara Ocidental. Fonte: wikipédia.

O Saara Ocidental, como já falamos aqui uma vez mas não faz mal repetir, é a última nação africana a permanecer como colônia. Tal como ocorreu com o Timor Leste, que foi invadido e ocupado pela Indonésia quando Portugal se retirou do país, o Saara foi invadido pelo Marrocos quando o regime franquista começou a desmoronar na Espanha. Parte do seu povo vive discriminado como pessoas de segunda classe em sua própria nação e os demais vivem nas poucas regiões livres do país, em meio ao deserto do Saara, ou em acampamentos de refugiados na Argélia. O país é dividido por um muro de 2700km de extensão, com mais de 5 milhões de minas, construído pelo Marrocos para separar as regiões do país sob seu domínio daquelas que os próprios saaráuis controlam.

No último mês de abril, representantes do país estiveram no Brasil para tentar convencer nossas autoridades a reconhecerem o país (entre nossos vizinhos, Uruguai, Bolívia, Suriname, Guiana, Paraguai e Venezuela já mantem relações diplomáticas com o Saara).

Mas eu abri esse post foi pra falar de música, porque o programa Mediterráneo da Radio3 da Espanha – um dos melhores de world music gratuitamente disponíveis na internet – dedicou toda uma edição ao Saara Ocidental. Apesar de todas as provações do povo saaráui, sua cultura musical resiste. É só clicar play e ouvir.

Veja também

A última colônia africana.

Podcast: palestra de Lola em Mossoró sobre feminismo

Por Allan Patrick

Como antecipado no post anterior, tivemos a grata alegria de receber a blogueira, feminista e professora da Universidade Federal do Ceará, Lola Aronovich, do Escreva Lola Escreva, na nossa cidade de Mossoró. Lola abordou temas como discriminação de gênero, violência contra a mulher, diferenças no mercado de trabalho, aborto, machismo, tráfico de mulheres e abuso sexual, além de aproveitar a oportunidade para divulgar os vídeos da campanha Reacciona Ecuador.

Áudio

Áudio MP3 da palestra sobre feminismo de Lola (59 MB).

Atenção: o áudio está um pouco baixo. Se você tiver dificuldade alguma dificuldade para ouvi-lo no seu computador, teste instalar o VLC, um ótimo player de áudio que permite elevar o volume do som além do que a maiora dos players alcança. Funciona em Linux, BSD, Windows ou Mac OS X. O endereço para obtê-lo é videolan.org

A palestra também foi gravada em vídeo. Ainda estamos trabalhando na digitalização da gravação, que em breve será colocada no youtube. Deixaremos aqui um aviso quando isso ocorrer.

Apresentação

A versão em PDF da palestra também pode ser baixada aqui (obrigado a Lola pela autorização!): Palestra sobre feminismo – Lola – Mossoró.pdf (876 kb). As últimas transparências, que não são exibidas adequadamente em PDF, são os vídeos da campanha contra o machismo do Equador.

 

Lola, durante a palestra. Foto: Anna Paula Soares de Brito.

 

Palestra sobre feminismo de Lola em Mossoró. Público. Foto: Anna Paula Soares de Brito.

Palestra sobre feminismo de Lola em Mossoró. Foto: Anna Paula Soares de Brito

Mais fotos:

Daiany Dantas, professora da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, esteve presente ao evento e fez o seu registro em fotos, que podem ser conferidas no seu flickr.

Agradecimentos

Além de agradecer a Lola por encontrar um espaço em sua agenda para vir a Mossoró, registro aqui um agradecimento especial a todas as servidoras e servidores, além das estagiárias, que deram grande apoio à realização do evento. Obrigado Eliane Malaquias, Adonias, Raisça, Lenice, Rose e Anna Paula!

Veja também:

Lola em Mossoró.

Direito tributário e questões de gênero.

Mulheres: como conciliar carreira e filhos?