O marketing de Lula

Por Allan Patrick

De vez em quando republico aqui o texto de algum blogue que chama minha atenção. O Tijolaço, blogue do Deputado Federal Brizola Neto (PDT-RJ), vem mantendo um ótimo nível em seus textos. E, neste que transcrevo logo abaixo, mostra como Lula se aproveita do tom preconceituoso da mídia para “vender seu peixe” perante a população. A imprensa ridiculariza o Presidente por carregar um isopor na cabeça, mas não percebe o elitismo dessa situação, que cria uma empatia de Lula com o povo e, inclusive, previne este contra outras “crises” fabricadas nas redações.

Lula, o farofeiro (O Globo).

O “marmiteiro” de 1946 e o “farofeiro” de 2010

Tijolaço.com – Por Brizola Neto – 13/01/2010.

Outro dia eu disse aqui que a elite brasileira odeia os pobres. E odeia mesmo. Faz mais de uma semana – e eu venho me contendo, pra não ser injusto com um simples aproveitamento de uma situação curiosa – que O Globo se aproveita da foto em que o presidente da República  carrega uma caixa de isopor na praia.

Publicada originalmente com o título de “a farofa do Lula”, a foto vem servindo há uma semana de motivo para charges de Chico Caruso, que colocam a cena numa escala evolutiva (e involutiva) do macaco para o homem.

Politicamente, não causa mossa ao presidente. Afinal, qualquer um de nós, um dia, carregou uma geladeira de isopor. Ou viu alguém, muito gentil, carregar para nós.

Mas é reveladora do elitismo da nossa mídia. Usar uma geladeira de isopor e, ainda por cima, carregá-la? Como não há um “negrinho” para fazer isso? Ou, melhor ainda, um criado de libré para trazer um uísque na bandeja?

O problema não é Lula ser um “farofeiro”. É o povo ser farofeiro.

Cuidado, elitistas. A candidatura do Brigadeiro Eduardo Gomes entrou em colapso quando disseram que ele dispensava o “voto dos marmiteiros”. Esta questão de ser aristocrata só esbarra num “probleminha”. Marmiteiro ou farofeiro, o povão agora vota, D. Maria Antonieta…

2 thoughts on “O marketing de Lula

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *