Por que diminuir a velocidade das vias?

Fonte: + Vá de Bike +

A menina do vídeo diz:

Se você me atropela a 40 milhas por hora (64 km/h), há cerca de 80% de chances que eu morra.

Se você me atropelar a 30 milhas por hora (48 km/h), há cerca de 80% de chances que eu sobreviva.

No final, é exibida a frase:

São 30 milhas por hora por uma boa razão.

Aqui em São Paulo, os motoristas acreditam que o limite de velocidade é só uma desculpa para multar. Quantas vezes não ouvimos frases como essas:

Se não tivesse tanta gente lerda, o trânsito fluiria melhor

Pra quê 60 km/h nessa avenida? Dá muito bem pra andar a 90 …

Até ali atrás a velocidade é 70. Aqui nessa curva diminui pra 60, só pra gente ser multado no radar ali na frente!

Mostre esse vídeo para essas pessoas. E explique que todos têm o direito de atravessar a rua em qualquer lugar sempre que não houver uma travessia a uma distância de menos de 50 metros (art. 69 do Código de Trânsito Brasileiro), porque talvez você escute que ali não é lugar de atravessar.

A cidade deveria priorizar as pessoas, a vida. Não o fluxo cada vez mais rápido de automóveis.

(a dica desta entrada veio do ótimo sítio chileno Arriba ‘e la Chancha, dica do XpK)

Saiba mais:

– Carros são o “acidente” que mais mata crianças em São Paulo – Os carros são a maior causa direta de mortalidade infantil por acidente no estado de São Paulo.

Carro mata, use com cuidado – Videos de uma campanha australiana que todo motorista deveria assistir.

Ao pedestre, com carinho – Como os carros se preparam para causar menos danos em caso de atropelamento.

Repressão preventiva – CET protegendo os carros dos pedestres, quando deveria fazer o contrário.

A culpa é do pedestre – Matéria do jornal Bom Dia Brasil coloca a culpa dos atropelamentos nos pedestres.

Textos relacionados:

Fluidez no trânsito é sinônimo de insegurança.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *