Atendimento na Receita Federal dos Estados Unidos

Acompanho o blogue de uma contadora americana, Roni Deutch. É interessante, porque nos permite ter acesso a informações de ordem prática, do dia-a-dia, que só um cidadão local pode fornecer. Aqui, neste vídeo, um membro de sua equipe revela a via crucis que é ser atendido pelo IRS, a Receita Federal americana, responsável por administrar o Imposto de Renda naquele país. Abaixo, transcrevo um breve resumo do conteúdo do vídeo.

Como é o atendimento do IRS? Para facilitar a sua vida, relacionaremos os 5 (cinco) principais motivos de frustração ao procurar o atendimento do Internal Revenue Service (IRS, Receita Federal americana).

1 – Afogar-se em documentos. O IRS é conhecido por pedir toneladas de documentos para esclarecer o que parecem ser questões de menor importância. Esteja preparado para enviar dezenas de papéis, toda semana. Recomendamos que mantenha num arquivo o registro de tudo o que foi entregue, para esclarecimento no caso de do IRS perder ou por em dúvida a data ou mesmo efetiva entrega de algum deles.

2 – Longas esperas. Ao ligar para o IRS, prepare-se para tempos de espera incrivelmente longos. Ligue apenas quando tiver muito tempo disponível.

3 – Quedas nos sistemas. Não é raro ocorrerem quedas nos sistemas, impedindo que seu atendimento seja completado ou mesmo apagando o registro de seus atendimentos anteriores.

4 – Erros nos cálculos. O sistema de computação utilizado pelo IRS é lento e sujeito a erros de cálculo. Lembre-se de refazer você mesmo qualquer cálculo quando estiver lidando com o IRS.

5 – Visitas surpresa. Essa é uma das situações mais desgastantes ao lidar com o IRS. Isso pode ocorrer se você está com pendências de entrega de declarações ou se seu rendimento é particularmente alto. O que pode ser frustrante é quando essa visita ocorre depois que você fizer contato com o IRS justamente para resolver alguma pendência em sua declaração. Normalmente, é apenas uma oportunidade do IRS checar as informações que você forneceu durante o seu atendimento.

Atualização em 29/10/2009:

Alguns esclarecimentos: como os frequentadores mais assíduos deste caderno já perceberam, gosto de fazer comparações com realidades de outros países, sempre com o objetivo de qualificar o debate quando diagnosticamos os nossos problemas e discutimos suas soluções. Tratarei dessa questão sempre que houver uma oportunidade.

Textos relacionados:

Débitos com o Fisco Federal nos Estados Unidos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *