Homofobia, machismo, cantadas e o politicamente correto

Por Allan Patrick

Não é evidente a contradição dos homofóbicos ao utilizarem como “justificativa” para sua covarde agressão a homossexuais o fato de terem sido “alvos” de cantadas? Por que não são justamente os homofóbicos/machistas que reclamam dos “chatos” do politicamente correto que pertubam a paz social com essa história de que cantadas grosseiras constituem assédio sexual?

Atualização em 18/11/2010:

E, como eu já imaginava, a desculpa é falsa, segundo reportagem do SBT.