Declaração de voto 2014 – RN

Por Allan Patrick

Coloco aqui minha declaração de voto para as eleições de 2014 na ordem solicitada pela urna eletrônica.

Deputado Federal

Hugo Manso 1366 é o nosso candidato a Deputado Federal.

Hugo Manso 1366 é o nosso candidato a Deputado Federal.

Hugo Manso 1366 (PT). É o único candidato no Rio Grande do Norte que está chamando a atenção para a responsabilidade de decidir o que fazer com o multibilionário Fundo do Pré-Sal. Sua proposta, adequada à situação de nosso estado e ao porte do fundo, é progressivamente federalizar o ensino médio, amarrando recursos estaduais atualmente destinados a ele ao custeio de creches públicas e escolas de ensino fundamental. Eleitores à esquerda tem se sentido órfãos com a saída de Fátima Bezerra para o Senado. Na matemática do voto proporcional, a coligação onde o PT se insere tem boa chances de eleger 3 deputados federais. Hugo Manso, até onde as pesquisas mostram, tem ótimas chances de ser o terceiro colocado, mantendo a representação do PT-RN na Câmara dos Deputados. Representação esta que foi fundamental na expansão do ensino federal no RN, que conta hoje com 19 campi do IFRN e duas universidades federais com vários campi: UFRN e Ufersa. Hugo é ainda comprometido com causas pouco comuns à maioria dos candidatos, como Ciência & Tecnologia e a garantia de um estado laico.

Deputado Estadual

Fernando Mineiro 13666 (PT). A voz mais independente e crítica na Assembleia Legislativa, foi eleito parlamentar do ano em 2013.

Senadora

Fátima Bezerra 131 (PT). Candidata ao Senado, foi durante 12 anos Deputada Federal. Mostrou como transformações sociais importantes podem ocorrer a partir de um instrumento de poder tão pequeno (apenas 1/513 avos da Câmara dos Deputados!), ao focar o seu mandato na expansão do ensino federal no Rio Grande do Norte, provocando uma pequena revolução social no estado.

Governador

Robinson Faria 55 (PSD). Única alternativa com chances reais de derrotar a coligação popularmente conhecida como Acordão e que reúne todos os ex-governadores do Rio Grande do Norte. Apesar de ser o atual vice-governador, é o político fora do PT que está há mais tempo na oposição ao atual governo estadual, com quem rompeu há três anos. Boa parte do Acordão continua na base do atual governo – um dos mais impopulares da história – ou convenientemente mal acabou de passar pra oposição.

Presidenta

Dilma, Presidenta, 13.

Dilma, Presidenta, 13.

Dilma 13 (PT). O Brasil é o país relevante que mais reduziu a desigualdade social nos últimos 12 anos. Mais devagar do que gostaríamos, mas reduziu. Os demais candidatos, ou não tem viabilidade eleitoral ou simplesmente ignoram a questão (como Marina e Aécio), o que é simplesmente vergonhoso se lembrarmos que essa é a pior característica do Brasil.

Marina aponta para o fim da Justiça do Trabalho

Carteira de Trabalho

A candidata à Presidência Marina Silva aponta, em seu Programa de Governo, para o fim da Justiça do Trabalho tal como a conhecemos. Claro que, sendo uma medida impopular e um ataque frontal aos direitos da classe trabalhadora, essa proposta não é exposta às claras, mas numa linguagem confusa e oblíqua, próxima do que o humorista José Simão apelidou de “tucanês” – de certa forma revelando a origem de quem elaborou a ideia. Transcrevemos aqui o texto, que foi publicado na página 240, seção Movimento Sindical:

A elevada rotatividade da mão-de-obra e a negociação de direitos individuais na Justiça tornam muito precárias as relações de trabalho. (…)

Há que buscar um modelo onde os atores coletivos sejam mais representativos, cabendo ao Estado impulsionar a organização sindical e a contratação coletiva. O novo modelo diminuiria o papel do Estado na solução dos conflitos trabalhistas coletivos, e Justiça do Trabalho se limitaria à nova função de arbitragem pública.

Ora, o que significa esse trecho que destacamos em negrito e escrito em linguagem barroca? Que a Justiça do Trabalho não mais processaria causas individuais! Um ataque frontal a um dos direitos trabalhistas mais importantes da pessoa no Brasil!

 

Hugo Manso lança site

Nota do Caderno: Hugo Manso 1366 é o nosso candidato a Deputado Federal para as eleições deste ano de 2014 no Rio Grande do Norte*

Hugo Manso 1366 é o nosso candidato a Deputado Federal.

Hugo Manso 1366 é o nosso candidato a Deputado Federal.

O fundador do PT no RN e vereador em Natal, Hugo Manso, lança o site de sua campanha nesta segunda-feira, dia 17/08, no endereço HugoManso1366.com.br. Candidato a Deputado Federal, o parlamentar natalense trabalha para suceder Fátima Bezerra como representante do PT do Rio Grande do Norte na Câmara dos Deputados.

Tendo dedicado sua atuação na Câmara Municipal do Natal à defesa da cultura e da saúde, Hugo Manso agora coloca como um dos focos de sua campanha a federalização do ensino médio. Baseada no sucesso da expansão do IFRN – do qual é professor – que hoje está espalhado por todo o Rio Grande do Norte com 19 campi, Hugo Manso pretende trabalhar sua proposta no Congresso para aproveitar a oportunidade única que se abre nos próximos quatro anos com o início da aplicação na educação dos recursos do Fundo Social do Pré-Sal.

Os Institutos Federais tem constituído uma rede de excelência e levam estudo de qualidade com formação profissional – além de oportunidades de trabalho – a todos os cantos do estado. Nessa proposta, o governo estadual teria que firmar seu compromisso em redirecionar todo o seu esforço atual com o ensino médio para o fundamental, sem redução do montante orçamentário para a área de educação.

O evento de lançamento será realizado pela internet, através de twitcam a ser transmitida a partir das 21h da segunda-feira, 17/08, pelo twitter @hugomansopt.

(*)  Apesar do título eleitoral nos prender à circunscrição estadual, não podemos deixar de compartilhar nossa admiração por outros parlamentares federais, como Paulo Teixeira 1398 (PT-SP) e Érika Kokay 1331 (PT-DF).