Tudo ou Nada

Editora Nova Fronteira, 2012. 1ª edição. Autor: Luiz Eduardo Soares.

Resenha. (publicada originalmente na rede social skoob).

Faltou um pouco de objetividade

Tudo ou nada, de Luiz Eduardo Soares. Capa da 1ª edição.

Sou um admirador de Luiz Eduardo Soares. Na minha opinião, a obra Meu Casaco de General, também de sua autoria, é um livro brilhante, obrigatório para quem deseja estudar ou apenas entender a Segurança Pública no Brasil. Seus livros mais recentes, misto de ficção e realidade, também são do meu agrado, pois trazem à tona realidades que estão, como um iceberg, mais ou menos visíveis a todos, mas que ao mesmo tempo ocultam sua complexidade do público.

Gosto desse mix de realidade e ficção e da objetivididade quase jornalística do autor.

Mas, aparentemente, à medida em que se sentem mais à vontade com a escrita, Luiz Eduardo Soares tem adotado recursos estilísticos que tem tornado sua leitura mais chata. O auge dessa situação eu testemunhei na leitura desta obra, uma dissecação de um tema relevante das sociedades contemporâneas pela história de vida de um de seus personagens, mas que peca pelos devaneios e desvios do narrador, que frequentemente abusa de sua prerrogativa de contextualizar o leitor.

Se pudesse um dia conversar com o autor, lhe diria: volte a dar um pouco mais de objetividade à sua prosa, você é um brilhante contador de histórias, mas apenas um bom literato.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *