Meninos, eu vi

Ariano Suassuna!

Ariano Suassuna. Foto de minha autoria!

Ariano Suassuna nos deu o prazer de uma visita. Hoje Mossoró foi dormir mais feliz.

Como sempre, sua aula espetáculo foi magnífica. A minha memória só me permitir lembrar que ele declamou uma cantiga que, quando criança, sua mãe lhe cantava para dormir. É sobre um fidalgo português que vai em busca de Dom Sebastião no Marrocos. Encontra apenas uma cova e, ao seu lado, um mouro que lhe diz:

“Esse cavaleiro, amigo,
morto está nesse pragal,
com as pernas dentro dágua,
e o corpo no areal,
sete feridas no peito,
cada uma mais mortal,
por uma lhe entra o sol,
por outra entra o luar,
pela mais pequena delas
um gavião a voar.”

2 thoughts on “Meninos, eu vi

  1. Ontem eu tive o privilégio de ver e ouvir bem de pertinho o genial Ariano Suassuna, esse sim, podemos usar esse adjetivo genial com folga. Apesar de todo o desconforto do local de onde ele se apresentou, mexi-me apenas para sorrir e aplaudir. Ele conseguiu me confortar com a grandeza de sua sabedoria. Parabéns Mestre Ariano!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *